Jacobs profetiza sobre o Brasil: “Assim diz o Senhor: não tenhas medo,

06/04/2020

Profetiza enviou recado ao presidente em 26 de março.

Na quinta-feira passada, 26 de março, Cindy Jacobs, líder do ministério Generais de Intercessão, enviou uma palavra da parte de Deus ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

Durante uma videoconferência com líderes de diversas partes do mundo, houve momentos de intercessão e, em determinado momento, Jacobs começou a falar sobre o avivamento que o Senhor vai trazer sobre a igreja de alguns países.

Gospel Prime participou da reunião, onde estava um membro do Conselho Apostólico do Brasil (CAB), em meio a cerca de 50 participantes. Eles falavam sobre a pandemia do Coronavírus, suas implicações para a humanidade e os aspectos espirituais que desafiam a Igreja neste momento.

Ao abordar o cenário político, Cindy, conhecida por sua trajetória profética, disse aos presentes que “Satanás está fazendo um avanço agora, para toda a face da Terra. Isso pode ser uma tentativa de impedir o grande avivamento final que está prestes a ocorrer no mundo”.

Quando Cindy começou a orar declarou: “Brasil, assim diz o Senhor: não tenhas medo, pois minha mão está sobre ti. E o Senhor diz ao Bolsonaro: declarem um dia de louvor e oração”. Posteriormente, ela falou sobre movimentos de jejum e oração que mudam a história das nações.Também mencionou o que fizeram recentemente os presidentes Donald Trump, que declarou um dia de jejum e oração contra o coronavírus em 15 de março e Alejandro Giammattei, da Guatemala, que fez o mesmo dia 21 do mês passado.

Esse tipo de clamor também foi feito por líderes brasileiros. O apóstolo Luiz Hermínio, pastor e líder do Missões Evangelísticas Vinde Amados Meus (Mevam), convocou prefeitos, governadores e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a proclamarem um jejum de arrependimento pela nação em meio à pandemia de Covid-19.

Na tarde desta quinta-feira (2), ao receber pastores que o apoiam em frente ao Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro ouviu um pedido para que declarasse um dia de jejum.

Concordou, dizendo quer seria num domingo que, segundo ele, “é o dia do jejum”. Horas depois, em entrevista à rádio Jovem Pan, afirmou que vai anunciar, em breve, junto com pastores e padres “um dia de jejum para todo o povo brasileiro… para que fiquemos livres desta mal o mais rápido possível”.

“Se não me prenderem, vou continuar”, diz fiel que teve culto doméstico impedido pela polícia

06/04/2020

Carina Andrade da Silva lamenta não poder ir à igreja neste momento.

Carina Andrade da Silva e mais quatro fiéis da Assembleia de Deus em Forquilhinha (SC) começaram uma campanha de cinco dias de oração em casa por causa da suspensão dos cultos na igreja. Na segunda quinta-feira da campanha, a reunião foi interrompida pela polícia por “violar” o decreto do governador do estado, Carlos Moisés (PSL).

Ao Gospel Prime, Carina contou que a polícia chegou à frente de sua residência, ligou a sirene e “fez barulho”, mas não saiu da viatura. Ela saiu de casa e foi até o veículo para ouvir do policial que precisava interromper a reunião.

Ela diz que explicou ao policial que estavam “só em cinco em irmãs” e questionou o oficial sobre a quantidade de pessoas que seria considerada aglomeração, mas ele ” não soube responder”. O policial foi irredutível e registrou o Boletim de Ocorrência, ainda dentro da viatura.

No dia seguinte, sábado (4), após a repercussão do caso que viola a Constituição, segundo juristas consultados pela redação, o comandante-geral da Polícia Militar em Santa Catarina (PMSC) coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, visitou a casa da fiel, no que pareceu ser um ato político a mando do governador.

Carina diz que ficou assustada com a comitiva policial que foi a sua casa. “O coronel disse que os policiais não podiam interromper o culto”, mas que não estava pedindo desculpas pelo erro, apenas fazendo “esclarecimentos”, salientou.

No encontro, o coronel Araújo levou “presentes” para a fiel, entre eles cestas-básicas, álcool em gel e chocolates “para as crianças”. “Eu fiquei até impressionada, porque na hora que me abordaram [interrompendo o culto], eles falaram uma coisa, e o coronel já disse que não tinha problema”, diz. “O que a gente não pode é deixar de cultuar”, exclamou. “Isso eles não podem nos impedir, né?”, questionou.

Concluiu dizendo que “provavelmente eu vou continuar o culto. Se eles voltarem, eu paro de volta. Se eles não me levarem presa, né?”.

Ela revelou que tem vontade de continuar os cultos domésticos. “Se a gente não vai na igreja, se já não faz culto lá, o mínimo que podemos fazer é juntar algumas irmãs – com certeza sempre se cuidando – e cultuar a Deus”, afirmou.

“Até os médicos estão se rendendo a Cristo”, testemunha enfermeira

06/04/2020

Profissional cristã afirma que “o medo está sendo mais prejudicial que o próprio vírus”.

“Todos estão vendo que somente Deus vai dominar esse vírus”. É com essa frase que uma enfermeira evangélica, em conversa com o Gospel Prime, resume a situação dos profissionais da saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus.

“Esse vírus abala muito o emocional dos funcionários, não só da área de enfermagem. É bem visível na face de todos”, revela a profissional que preferiu não ter o nome relevado.

“Se você expressa qualquer sentimento, fala qualquer coisa sentimental, já vê um chorando aqui outro ali”, enfatiza.

Ela testemunha que até os colaboradores não-cristãos estão copiando as orações e louvores dos cristãos. “A gente está sendo um espelho de Deus dentro do hospital. Eles estão nos procurando para tentar se acalmar”, afirma.

Uma rotina foi criada no hospital para que em todo início de turno de trabalho, haja uma oração, revela a profissional, “algo que não existia”. “A gente vê que as pessoas estão sedentas por Cristo. As pessoas entenderam que é só Ele que vai fazer a gente passar por isso e sair ileso”, fala entusiasmada.

Medo

Para ela, o maior aliado do Sars-CoV-2 tem sido o medo e que ele é “mais prejudicial que o próprio vírus”. “Quando a gente tem contato físico com um infectado, passa um filme bem difícil na cabeça”, confessa e revela os questionamentos que surgem.


“Será que essa roupa está me protegendo? Será que essa máscara é eficiente?”.

Ela afirma que a insegurança não vem por falta de equipamentos ou treinamento, mas porque o “nosso emocional está muito abalado. A gente não sabe se vai sair vivo, com o vírus ou não”, mas assevera que está vivendo “algo indescritível dentro do âmbito hospitalar”.

Só Deus resolve

“Você vê médico se prostrar… qualquer profissional… de qualquer religião, se rendendo a Cristo. Até eles já entenderam que só Deus vai conseguir dominar esse vírus. É algo espiritual que está se movendo dentro do nosso país, do mundo”, detalha.

Ela conclui refletindo o ensinamento do seu pastor. “Eu acredito que esse vírus veio para equalizar a terra e colocar todos na mesma frequência. Colocar todos no mesmo patamar e mostrar que todos dependem um dos outros”.

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


AutoDJ

Gospel Mix

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Anderson Freire

Raridade

02.

Bruna Karla

Advogado Fiel

03.

Aline Barros

Casa do pai

04.

Anderson Freire

Acalma o meu coração

05.

Aline Barros

Ressuscita-me

Anunciantes